FINALIDADE

Tempo de leitura: 2 minutos

Os Conselhos de Fonoaudiologia tem como principal objetivo a regulamentação, fiscalização e orientação do exercício da profissão de Fonoaudiólogo em suas respectivas jurisdições, além de outros que norteiam as finalidades de cada uma das Comissões e Grupos de trabalho existentes nos mesmos.

Os Conselhos de Fonoaudiologia são compostos por fonoaudiólogos devidamente habilitados ao exercício da profissão, os quais são eleitos através de eleição direta pela maioria dos votos dos demais fonoaudiólogos registrados no Conselho.

Entende-se como profissional devidamente habilitado ao exercício da profissão, o fonoaudiólogo regularmente inscrito e em dia com suas obrigações perante o Conselho de sua respectiva jurisdição.

Após eleitos, esses fonoaudiólogos passam a integrar o Colegiado do órgão, recebendo então a denominação de Conselheiro Efetivo ou de Conselheiro Suplente.

A cada 03 (três) anos, o Colegiado é renovado, ocasião em que são eleitos 20 (vinte) Conselheiros, sendo 10 (dez) Efetivos e 10 (dez) Suplentes.

O voto para renovação do Colegiado dos Conselhos é obrigatório e deve ser exercido por todos os fonoaudiólogos registrados, segundo o que determina o art. 8° da lei 6.965/81. O não exercício do voto acarreta multa ao profissional que deixar de fazê-lo.

Qualquer fonoaudiólogo, por ocasião das eleições, pode se candidatar ao cargo de Conselheiro Efetivo ou Suplente, desde que satisfaça as condições previstas no Regimento Eleitoral que é elaborado pelo Conselho e que integre uma chapa, juntamente com outros fonoaudiólogos, para concorrer à eleição.

Missão

“Agregar valor à Fonoaudiologia de forma dinâmica e crítica, intensificando mobilizações, ideias e ações positivas em prol do fortalecimento e reconhecimento da profissão e do profissional no mercado de trabalho, sem abrir mão, enquanto órgão fiscalizador, de todas as responsabilidades legais e éticas”.

Visão

“Ser reconhecido como um órgão de classe que, além de sua função fiscalizadora, respeita, valoriza e incentiva a atuação do Fonoaudiólogo com autonomia e ética, colaborando ativamente para a transformação da realidade sociopolítica do Brasil”.

Valores

“Ética, Responsabilidade, Justiça, Respeito às relações humanas, Empreendedorismo, Diálogo”.

Crefono1-pop_up-ABA